PUB
PD - Revista Sabe Bem

Norte pede reforço da descentralização dos próximos fundos comunitários

Norte pede reforço da descentralização dos próximos fundos comunitários

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Na tomada de posição que vai enviar ao Governo, o Conselho Regional do Norte pede a concentração de “pelo menos 50% dos fundos estruturais do novo QREN nos Programas Regionais do Continente”.

O Conselho Regional do Norte pediu esta quarta-feira ao Governo que seja reforçada a descentralização da gestão e aplicação do futuro QREN, defendendo a concentração de pelo menos metade dos fundos nos programas regionais do Continente. “O Conselho Regional do Norte apela a um reforço substancial da descentralização regional do futuro QREN e ao respeito pelo objetivo último da Política de Coesão Europeia: ‘a convergência real das regiões mais pobres relativamente à média da União Europeia’”, anunciou o órgão consultivo da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).
Da lista de medidas propostas pelo conselho constam a concentração de “pelo menos 50% dos fundos estruturais do novo QREN nos Programas Regionais do Continente, com o consequente reforço da dotação de fundos comunitários do Programa Regional do Norte 2014/2020 face ao atual Programa ON.2″. Com esta medida, defende-se que será possível executar “estratégias regionais suficientemente densas de tipologias de investimento elegíveis que possibilitem a plena cobertura das prioridades do Crescimento Inteligente, Sustentável e Inclusivo da Europa 2020 e dos Objetivos Temáticos da legislação comunitária”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile