PUB
CMPorto

Norte do país regista pico de poluição

Norte do país regista pico de poluição

Os cidadãos residentes no Norte do país devem ter especial prudência à exposição ao ar esta sexta-feira, 3 de fevereiro. A região vai ser atingida, esta tarde, por uma concentração de partículas poluentes no ar, o que resultará num pico de poluição.

De acordo com os dados resultantes dos mapas de monitorização de qualidade do ar, a situação mais grave vai acontecer nas zonas entre Braga e Porto, mas também as áreas de Aveiro e Lisboa serão afetadas.

Tendo em conta a prejudicialidade do fenómeno, os especialistas recomendam a adoção de medidas de proteção por parte da população, como a utilização de máscara, sobretudo para os grupos mais vulneráveis, como crianças, idosos e pessoas com doenças respiratórias.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Na sua página de Twitter, o geógrafo Alfredo Graça refere que o “tempo seco e estável é agradável para a maioria das pessoas devido à «calma» associada”, mas explica que a “poluição ganha protagonismo com altas pressões porque os poluentes não se dispersam devido a processos de subsidência, inversões térmicas e ausência de vento”.

Adicionalmente, também a concentração de fábricas e a forte circulação rodoviária poderão justificar o fenómeno nas áreas mais afetadas pelas partículas poluentes no ar.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem