PUB
Recheio 2024 Profissional

Norte 2020 já aprovou 656 projetos

Norte 2020 já aprovou 656 projetos
O programa operacional regional Norte 2020 já aprovou mais de 650 projetos de micro e pequenas empresas da região, que receberão cerca de 94 milhões de euros para iniciativas maioritariamente dirigidas à internacionalização.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Gerido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDER-N), o Norte 2020 conta com 3,4 mil milhões de euros de verbas comunitárias, sendo que quase metade do valor (1,26 mil milhões de euros) se destina à competitividade de micro e pequenas empresas da região.
Até agora, o Norte 2020 aprovou 656 projetos, que representam um financiamento de 93,9 milhões de euros para empresas da região, sendo que “parte significativa do apoio dirige-se ao investimento na internacionalização das empresas, motivadas em reforçar a presença em mercados externos”, refere comunicado divulgado na página da internet dedicada ao programa regional.
Entre os cerca de 600 projetos, destaque para as empresas dos setores do calçado, têxtil e eletrónica e uma “procura muito significativa, num conjunto de 355 projetos, por parte dos promotores aos concursos Vale Inovação e Vale Empreendedorismo”.
Segundo a plataforma, a elevada procura a estes sistemas de incentivos, “que preveem o conceito de ‘voucher’ de apoio na aquisição de serviços de consultoria a um conjunto de entidades pré-acreditadas”, justificou a suspensão dos concursos no início do mês.
A 10 de setembro, a plataforma Portugal 2020 dava conta do “sucesso consubstanciado em cerca de cinco mil candidaturas entradas” o que “permite concluir a concretização dos objetivos que os respetivos tinham fixado relativamente à dotação envolvida”.
Em junho, a primeira fase das candidaturas aos vales do Portugal 2020 para serviços de consultoria revelou uma grande procura pelas micro e PME do Norte, com 968 dos mais de 2.000 projetos então apresentados no país.
No âmbito do anterior quadro comunitário de apoio 2007-2013, os vales financeiros para inovação e desenvolvimento tecnológico correspondiam a uma quantia de 25 mil euros, tendo sido atribuídos, entre 2008 e 2009, a 95 micro e PME da região Norte, num investimento de 2,9 milhões de euros.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile