BPI

“Nautical Portugal” convida a descobrir o país através das atividades náuticas

“Nautical Portugal” convida a descobrir o país através das atividades náuticas

Os entusiastas das atividades náuticas já têm um site disponível, totalmente operacional e bastante completo, onde podem encontrar toda a oferta disponível na área de Norte a Sul do país. Trata-se do “Nautical Portugal”, um projeto lançado pela Fórum Oceano, em parceria com a Associação Empresarial de Portugal, e que se tem revelado um verdadeiro sucesso.

“Intuitivo e acessível” são duas das palavras chave que caracterizam este portal, que permite descobrir Portugal através das atividades náuticas, desde cedo intrínsecas na cultura portuguesa. No total, o projeto apresenta informações sobre 24 estações náuticas certificadas, com significativa expressão no Porto e Norte.

Nesta região, destacam-se as estações náuticas do Alto Minho, de Cabeceiras de Basto, de Esposende, Matosinhos, Póvoa de Varzim e Vila do Conde. Mas, além disso, os utilizadores poderão ainda encontrar informações sobre a oferta turística na área envolvente, nomeadamente sobre a região, o alojamento, a gastronomia, pontos de interesse e outras possíveis experiências. Já a agenda cultural mostra tudo o que está a acontecer na região, sejam campos de férias ou eventos de regatas ou de competições conhecidas do público.

No Centro de Portugal, segundo a plataforma, o destaque vai para as estações de Aveiro, Castelo de Bode, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oeste, Ovar e Vagos e em Lisboa para a estação náutica de do Litoral de Cascais e de Sesimbra. No entanto, se o seu destino de férias este ano é o Alentejo e Ribatejo ou o Algarve, saiba que se pode aventurar, respetivamente, pelas atividades das estações de Avis, Moura-Alqueva, Monsaraz e Sines e Baixo Guadiana, Faro, Portimão e Vilamoura.

As atividades disponíveis variam entre canoagem, surf, passeios de barco ou paddle, sendo que as estações interessadas em integrar a lista do “Nautical Portugal” têm que ser certificadas, apresentar critérios de sustentabilidade ambiental e sanitária e de acessibilidade e envolvimento com a comunidade, explicou António José Correia, mentor do projeto, em entrevista à Time Out.

Os interessados em candidatar-se à lista do portal podem fazê-lo até ao final do mês de outubro.

Segundo o responsável, esta é “uma nova oferta que permite a transformação do turismo”, mostrando que “embora se identifique a náutica com o litoral”, é também possível descobrir Portugal através das várias praias fluviais espalhadas pelo país.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.