PUB
Philips S9000

“Não há razões para preocupação” quanto ao futuro do Coliseu, diz Moreira

“Não há razões para preocupação” quanto ao futuro do Coliseu, diz Moreira

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
À margem de uma visita ao recinto da Feira do Livro, Rui Moreira informou que existe entendimento entre os sócios fundadores da Associação Amigos do Coliseu e que não há motivos de preocupação quanto ao futuro da sala portuense.

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, garantiu hoje que não existem razões para preocupação quanto ao futuro do Coliseu do Porto, sublinhando existir “entendimento” entre os sócios fundadores da Associação Amigos do Coliseu.
À margem de uma visita ao recinto da Feira do Livro, o autarca realçou que a câmara tem vindo a trabalhar com o Conselho Metropolitano do Porto e também com a Secretaria de Estado da Cultura. “Temos, neste momento, um entendimento sobre essa matéria [de quem nomear para a nova direção]”, informou. “Não há razão de preocupação, não precisamos de nos amarrar ao Coliseu ainda”, acrescentou.
José António Barros, presidente da direção dos Amigos do Coliseu do Porto renunciou ontem, quarta-feira, ao cargo que ocupa há 18 anos, tendo comunicado a sua decisão na assembleia-geral da instituição, realizada durante a tarde. Segundo defendeu por diversas vezes, a sala portuense precisa de 200 mil euros anuais para o seu funcionamento.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem