PUB
Recheio 2024 Profissional

Museu do FC Porto

Museu do FC Porto
O desporto e o teatro de mãos dadas

Numa parceria entre o Museu do FC Porto e o Teatro Municipal Rivoli, no Porto, o ex-jogador portista e campeão europeu, Fernando Gomes, e a atleta multi-medalhada, Rosa Mota, vão subir ao palco, para um espetáculo desportivo-teatral -“Ícones do Desporto”- que tem estreia este sábado e que se repete no domingo.
“O nome da Rosa” e “Bibota Douro” são as duas partes em que a peça estará dividida.
A primeira parte está entregue ao encenador Pedro Penim, que irá homenagear Rosa Mota, olhando para o passado da conceituada desportista e sem recorrer a um modelo de biografia narrativa e linear, Penim promete evocar momentos marcantes da carreira da atleta, como a vitória na Maratona Feminina de Atenas de 1982.  
Pedro Penim explicou que vê na atleta e nas suas conquistas uma alavanca no patriotismo que os portugueses sentem e, que este sentimento, deve-se também a figuras como a medalhista ou Fernando Gomes.
Desta forma, o criador responsável pela parte da peça de homenagem a Rosa Mota, avançou que “a ação andará à volta da reconstituição da vitória na maratona de Atenas, que é um momento muito importante, mas ao mesmo tempo é uma reflexão sobre como é que se faz um espetáculo que tem dois lados: um biográfico e, outro mais teatral.”
icones_desporto_02Já na segunda parte é Miguel Loureiro o responsável pela “Bibota Douro”, que vai celebrar o percurso e as várias conquistas do jogador de futebol, Fernando Gomes. O encenador vai retratar no palco os anos de maior glória do futebolista, com a juda de atrizes como Ana Bustorff e Sara Graça.
De acordo com Miguel Loureiro, a peça vai ter um começo com alguns dados biográficos, trabalhados ficcionalmente, e então dará destaque às duas vezes que Fernando Gomes venceu a Bota de Ouro.
O “Ícones do Desporto” vai levar as duas figuras a palco para que desta forma o desporto seja celebrado e, para que também, o nome da cidade do Porto seja projetado além fronteiras.
Os bilhetes para este espetáculo, pensado pelo Museu do FC Porto e pelo Teatro Rivoli, têm um preço de 7,5 euros.
Num mês em que o teatro é celebrado pelo Museu, haverá ainda, no dia 21, uma oficina artística, “Teatro Filmado: Um dia no Museu”, onde a história do clube vai inspirar uma peça protagonizada pelos próprios participantes da iniciativa. Da leitura do texto à representação, o pano sobe para descobrir todos os segredos e curiosidades do mundo do teatro e que pode ser envolvido com o mundo azul e branco.
museu_fcpJá no dia 28 deste mês, uma sessão de histórias vai invadir o universo azul e branco com “Histórias para Dragõezinhos e Dragões”. O evento promete aventuras e mais aventuras, no mundo da imaginação e do sonho. Tudo isto com a performance de Rui Ramos para desvendar o mundo fantástico que sai do “Baú do Contador”.  
Estas iniciativas fazem parte de um ciclo que já incluiu “A Rota do Dragão”, que marcou um percurso turístico pela cidade do Porto, com a ajuda de Joel Cleto, e ainda com uma visita guiada pelo Museu do FC Porto.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Texto: Raquel Andrade Bastos

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem