CMPorto

Mucéu: Dia da Ciência, Noite das Estrelas

Mucéu: Dia da Ciência, Noite das Estrelas

No ano em que se assinalam os 50 anos da chegada do Homem à Lua, a Câmara Municipal de Matosinhos, em parceria com o Planetário do Porto- Centro Ciência Viva, a Universidade do Porto e a Associação de Física da Universidade de Aveiro, preparou uma edição especial do Mucéu, a realizar-se nos dias 17 e 18 de agosto nos jardins do Museu da Quinta de Santiago, em Leça da Palmeira.

Ateliês de arte, ciência e física, palestras, concertos, observação noturna ao telescópio de corpos celestes e constelações, projeção do universo num dome insuflável – uma espécie de planetário portátil – são algumas atividades previstas para a edição deste ano, inteiramente dedicada à ciência e à astronomia, e com entrada livre.

Como indica a Câmara Municipal de Matosinhos, nesta edição os participantes terão a oportunidade de assistir à performance audiovisual “Multiverse”, interativa e em tempo real, pelos Boris Chimp 504 – um projeto que nasceu em 2010 e que junta Miguel Neto e Rodrigo Carvalho. Dividida em três atos, a performance conta a história de Boris 504, um chimpanzé enviado em missão à Lua em 1969 pelos soviéticos, que ficou preso no espaço e nunca regressou à Terra.

Destaque, também para, o concerto dos Zurich Dada, um projeto portuense “de contornos minimalistas synthpop”, criado em 2009, que resulta da criação artística de Ricardo Silva Veloso e para a mesa redonda de astronomia, que, entre outros assuntos, vai debater “a chegada do Homem à Lua, o que mudou e o próximo destino espacial”. Esta será moderada pelo astrónomo Miguel Gonçalves, com a participação do astrofotógrafo Miguel Claro, do astrónomo José Matos, da astrobióloga Joana Neto Lima e da fundadora da Reserva Dark Sky Alqueva, Apolónia Rodrigues.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/um-regresso-saboroso-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=23092022-edicao69utm_campaign=sabebem