Santander Escolhas 1

Missão na Guiné custou 5,7 milhões de euros a Portugal

Missão na Guiné custou 5,7 milhões de euros a Portugal
O eventual resgate de cidadãos portugueses da Guiné-Bissau, que exigiu a realização da operação militar “Manatim”, custou 5,7 milhões de euros, de acordo com dados oficiais a que a agência Lusa teve acesso.

O envio da Força de Reação Imediata (FRI) portuguesa para a costa ocidental africana mobilizou 1028 militares (684 no exterior e 344 em Portugal), quatro meios navais (duas fragatas, uma corveta e um reabastecedor) e dois meios aéreos.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/comida-fresca-encomendas-de-natal/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=natal&utm_campaign=takeawaynatal