PUB
CMPorto

Merck cancela medicamento contra cancro a hospitais gregos

.
De acordo com o Dinheiro Vivo, o anúncio do corte de fornecimento do Erbitux foi feito por um porta-voz da empresa à Reuters. No início deste ano, as farmacêuticas já tinham alertado os líderes europeus para as dificuldades que os serviços públicos estão a enfrentar devido à crise económica. A alemã Biotest foi a primeira a cancelar medicamentos à Grécia, em junho do ano passado. Numa entrevista publicada pelo jornal alemão Börsen-Zeitung (e citada pelo mesmo site português) o diretor financeiro da Merck, Matthias Zachert, afirmou que os hospitais estatais dos países mais afetados pela crise da dívida soberana têm vindo a demonstrar dificuldades em pagar as suas dívidas. Ainda assim, garantiu que, para já, a Grécia é o único país que a quem a Merck deixou de fornecer medicamentos.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem