CIN - Branco Perfeito

Matosinhos: Serviço de Teleassistência apoiou mais de 1200 idosos

Matosinhos: Serviço de Teleassistência apoiou mais de 1200 idosos

O Serviço Municipal de Teleassistência Domiciliária de Matosinhos, que presta cuidados de teleassistência a pessoas com mais de 65 anos e em condições de vulnerabilidade social, já chegou a 1200 idosos. 

A informação foi avançada pela Câmara Municipal, que revelou ainda que o investimento no programa, criado em 2007, rondou os 219 mil euros, o que corresponde a um investimento mensal de cerca de 1.350 euros.  

O programa em causa, recorde-se, destina-se a idosos, residentes em Matosinhos, “sem retaguarda familiar ou insuficiente e cujo rendimento per capita mensal é inferior ao Salário Mínimo Nacional”.  

Os utentes aderentes ao projeto, inserido no âmbito do programa “Matosinhos Sénior”, têm ao seu dispor “um dispositivo tecnológico de fácil utilização, que dá acesso automático a um operador disponível 24 horas por dia e 365 dias por ano, com várias funções”.   

Além do apoio, a central de assistência disponibiliza ainda aconselhamento sobre procedimentos a tomar em determinadas patologias e emergências e estabelece ainda o contacto com familiares, polícia, bombeiros ou ambulância, em caso de alerta, adiantou, em nota de imprensa enviada à Agência Lusa. 

Em 2020, ano em que o programa foi mais procurado, o município formalizou uma parceria com a Santa Casa da Misericórdia do Porto, que permitiu alargar significativamente os equipamentos que dispunha para o Serviço de Teleassistência Domiciliária e abranger mais domicílios.  

De acordo com a autarquia, liderada por Luísa Salgueiro, o programa, além de aumentar o sentimento de segurança entre idosos, alivia os cuidadores informais e reduz a procura de respostas sociais.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=peixe&utm_campaign=sabordomes