PUB
CMPorto

Matosinhos recria lenda de Cayo Carpo

Matosinhos recria lenda de Cayo Carpo

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
De 29 a 31 de maio, a praia do Titã, em Matosinhos, volta a acolher a recriação histórica da lenda de Cayo Carpo, que terá dado o nome a Matosinhos e as vieiras aos peregrinos de Compostela.

Da recriação histórica, com entrada livre, fazem parte a aparição das legiões, com o cortejo da Lusitânia para receber o cônsul, que “só abandonarão o recinto no domingo depois de o sol se pôr, com um espetáculo pirotécnico”, refere o comunicado da Câmara de Matosinhos.
“Pelo meio, a Feira Romana acolherá o casamento de Cayo e da nobre Cláudia Lobo, combates de gladiadores, um mercado de escravos, pantomineiros, banquetes e ateliês para os romanos mais pequenos, tudo acompanhado por músicos e bailarinas de todo o império”, destaca a autarquia.
Conta a história que no ano de 44 dC, “o palaciano Cayo Carpo, senhor da Maya, veio à praia para se casar e deixou atrás de si uma lenda que, de uma só penada, explicará a origem do topónimo Matosinhos e da utilização de vieiras pelos peregrinos que rumam a Santiago de Compostela”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile