Sabe Bem

Matosinhos lançou a primeira Zona Livre Tecnológica em Portugal

Matosinhos lançou a primeira Zona Livre Tecnológica em Portugal

A cidade de Matosinhos tem, a partir desta terça-feira, a primeira Zona Livre Tecnológica (ZLT) do país, que tem como objetivo testar soluções em ambiente real nas áreas tecnológicas mais inovadoras para estimular a alteração de comportamentos.

“WeShare by AYR” é o nome do primeiro projeto a ser demonstrado e tem como intuito a adoção de opções de mobilidade sustentáveis – redução de emissões de CO2 – com elevado impacto ambiental e social. As trotinetes e bicicletas partilháveis estarão inicialmente circunscritas aos trabalhadores do CEiiA, situado em Matosinhos, mas “ainda durante o primeiro semestre deste ano” se prevê que fiquem disponíveis aos colaboradores da Câmara Municipal, e posteriormente à população em geral, de forma a “estimular a adesão a este mercado livre de carbono”, sublinhou a presidente, Luísa Salgueiro.

Com esta iniciativa, o município pretende colocar-se na “pole-position de um trabalho que o país tem para desenvolver criando espaços onde, além da mobilidade partilhada, avancemos também para a mobilidade autónoma”. A presidente da autarquia explicou, ainda, que a ideia passa por conceder benefícios aos funcionários municipais que adiram ao sistema e evitem a emissão de carbono, estando também a ser preparada a possibilidade de os créditos de carbono poderem ser utilizados para comprar produtos biológicos, à venda, por exemplo, no Mercado Municipal de Matosinhos.

O secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, também presente na cerimónia de apresentação, salientou que a colaboração entre o CEiiA e a Câmara Municipal de Matosinhos reunia condições “para inspirar outras cidades do país”. “As alterações climáticas são um problema das atuais gerações e é fundamental que, até 2030, tenhamos sido capazes de gerar soluções que reduzam as emissões poluentes, seja aumentando o recurso ao transporte público, seja aumentando o uso de veículos partilhados, seja optando por modos de transporte não poluentes”, acrescentou.

O projeto “WeShare by AYR” vai ser apresentado no evento Smart Cities, em Nova Iorque, a 13 de maio.

PUB
www.pingodoce.pt/receitas/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobomcomerassim&utm_campaign=institucional