Natal PD

Mário Soares defende que PS deve romper acordo com a “troika”

Mário Soares defende que PS deve romper acordo com a “troika”

Soares referiu ainda que a obrigação de cumprimento do acordo com a “troika” fez sentido apenas durante algum tempo, já que o pedido de ajuda financeira foi realizado pelo então primeiro-ministro e líder do PS, José Sócrates.
Atualmente, o fundador do PS considera que o país está a viver uma situação de pré-ruptura. “A ‘troika’ está dividida. O Fundo Monetário Internacional tem uma posição, o Banco Central Europeu tem outra, a Comissão Europeia tem outra”, notou, referindo que o desacerto de posições e a situação que a Europa atravessa podem levar à implosão da “troika”.
PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli