PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Mário Ferreira denuncia “falta de manutenção” no Atlântida

Mário Ferreira denuncia “falta de manutenção” no Atlântida

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
“Todos ouvimos dizer que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) gastaram aos cofres do Estado 500 mil euros por ano na manutenção do navio. Nós acreditámos que era verdade, mas, com esta viagem, [entre Almada e Viana, onde o navio vai ser requalificado] encontrámos problemas atrás de problemas”, afirmou.

O presidente da Douro Azul, Mário Ferreira, lamentou a “completa falta de manutenção” no navio Atlântida, que acabou por atrasar “em quase 20 horas” a viagem entre Almada e Viana do Castelo, onde vai ser requalificado.
Em declarações à Lusa, o empresário informou que “não foi feito nenhum tipo de manutenção ao longo destes três anos, ao contrário do que era veiculado na comunicação social”. “Todos ouvimos dizer que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) gastaram aos cofres do Estado 500 mil euros por ano na manutenção do navio. Nós acreditámos que era verdade, mas, com esta viagem, encontrámos problemas atrás de problemas”, denunciou.
De recordar que o navio foi adquirido por 8,750 milhões de euros pela Mystic Cruises, do grupo Douro Azul.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem