PUB
Recheio 2024 Institucional

Marcelo não afasta candidatura às presidenciais

Marcelo não afasta candidatura às presidenciais
No habitual comentário de domingo, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que não se exclui das presidenciais.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O ex-líder do PSD Marcelo Rebelo de Sousa não descartou, no domingo à noite, uma eventual candidatura às eleições presidenciais de 2016, afirmando que não se exclui da corrida a Belém. “Não me estou a excluir [das presidenciais]”, referiu, no habitual comentário de domingo na TVI, colocando dois ex-primeiros-ministros e antigos líderes do PSD, Durão Barroso e Pedro Santana Lopes, como potenciais candidatos.
Para Marcelo, o candidato de direita mais bem colocado nas sondagens tem o “dever moral” de não dizer que não, admitindo que a decisão e anúncio de candidaturas ocorra em maio ou junho de 2015, a seis meses das presidenciais. Questionado por Judite de Sousa se, desta vez, não dirá que não quer ser candidato “nem que Cristo desça à Terra”, como disse em 1996 relativamente à liderança do PSD, Marcelo assegurou: “Não digo eu, não diz o Barroso, não diz ninguém.” Por outro lado, à esquerda, o comentador aposta em dois nomes fortes às eleições: António Guterres, ex-líder do PS e antigo primeiro-ministro, e António Costa, antigo ministro socialista e presidente da Câmara de Lisboa, reeleito em setembro com maioria absoluta.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile