PUB
CMPorto

Manuel Pizarro exige que Governo pague terrenos do Aeroporto do Porto

Manuel Pizarro exige que Governo pague terrenos do Aeroporto do Porto

O socialista promete “exigir do Governo, logo a partir do momento em que for eleito presidente da Câmara do Porto, o cumprimento dessa obrigação para com os cidadãos do Porto”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O candidato do PS à Câmara do Porto, Manuel Pizarro, apelou este domingo ao Governo que pague os 64 milhões de euros em dívida relativamente aos terrenos do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, desafiando os seus adversários a pronunciarem-se sobre esta questão. “No processo de privatização da ANA, há um ano, o Governo, pela mão do então ministro Miguel Relvas, acordou com a Câmara de Lisboa o pagamento de uma indemnização de 378 milhões de euros pelos terrenos do aeroporto da Portela que pertenciam à autarquia. A situação no Porto é absolutamente similar”, defendeu. Em declarações à Lusa, o socialista afirmou ainda que “há uma avaliação que indica que esses terrenos têm um valor de 64 milhões de euros” e que “o Governo não pode ter dois pesos e duas medidas tratando-se da cidade de Lisboa e da cidade do Porto!”. “Eu bem sei que o Dr. Pedro Passos Coelho, porventura manipulado pelo Dr. Menezes, está em guerra contra o Dr. Rui Rio. Mas a cidade do Porto é que não pode ser prejudicada por isso”, considerou. Por isso, Pizarro pretende “exigir do Governo, logo a partir do momento em que for eleito presidente da Câmara do Porto, o cumprimento dessa obrigação para com os cidadãos do Porto”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile