PUB
PD-Bairro Feliz

Mais um recorde! Porto consegue números históricos em energias renováveis

Mais um recorde! Porto consegue números históricos em energias renováveis

O clima está em constantes mudanças, pelo que é importante arranjar formas mais verdes de operar em contexto de cidade. Por isso, o Porto não tem “dormido” no que toca às energias renováveis e bateu um recorde histórico.

Em 2023, a Invicta atingiu números nunca antes vistos na cidade, tendo conseguido uma capacidade total instalada de 2 MWp. Em termos comparativos, é o triplo do que se tinha visto no ano de 2022.

Posto isto, não é ao acaso que tal foi possível. Segundo a Águas e Energia do Porto (AEP), o que levou a este resultado muito positivo foi a estratégia de investimento em novas unidades de produção. 

De acordo com a Câmara do Porto, isto fez com que se pudesse atingir um máximo anual de produção de energia solar de 672 MWh. Com esta mudança no “jogo energético”, é de prever que os números de 2024 sejam ainda mais apelativos.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

No entender de Filipe Araújo, presidente da AEP, “só conseguimos alcançar estes valores históricos porque o Município do Porto apostou muito fortemente na implementação de painéis fotovoltaicos em toda a cidade”.

Estes números são um ótimo indício face ao objetivo do Porto em atingir a neutralidade carbónica até 2030. Por isso mesmo, o município lançou o Pacto do Porto para o Clima, de forma a envolver pessoas, instituições e todo o tipo de entidades. 

O foco é apenas um: energias sustentáveis. Sendo assim, durante este ano, ainda serão instaladas mais 6 unidades de produção de Energia Fotovoltaica dentro do próprio município.

Como refere a mesma fonte, estas chegarão aos seguintes sítios: Parque de Estacionamento da Trindade, Palácio dos Correios, Teatro Municipal – Rivoli, Teatro Municipal – Campo Alegre, Escola Básica das Antas e ETAR de Sobreiras.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem