PUB
CIN - Branco Perfeito

Mais espetáculos e espectadores e orçamento mais curto no TNSJ

Mais espetáculos e espectadores e orçamento mais curto no TNSJ
“Este momento mostra, uma vez mais, a estoica capacidade para resistir à crise, melhor dizendo, às sucessivas inúmeras crises decretadas (…) nos últimos 10 anos”, defendeu a responsável do Conselho de Administração do TNSJ, Francisca Fernandes.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A presidente do Conselho de Administração do Teatro Nacional de São João (TNSJ), Francisca Fernandes, sublinhou esta quinta-feira que aquele espaço portuense conseguiu mais espectadores e mais espetáculos apesar dos cortes orçamentais. A responsável, que falava na apresentação da programação do TNSJ para os últimos quatro meses do ano, afirmou “que este momento mostra, uma vez mais, a estoica capacidade para resistir à crise, melhor dizendo, às sucessivas inúmeras crises decretadas (…) nos últimos 10 anos”. Francisca Fernandes salientou ainda que, tendo hoje três espaços para gerir – TNSJ, Carlos Alberto e São Bento da Vitória – a instituição tem um orçamento menor do que quando era só a histórica sala da Praça da Batalha. A indemnização compensatória é de 3.824.229 euros para um orçamento global de 5.314.459 euros. “Acho que é um desempenho quase milagroso, que se deve à programação do Nuno Carinhas, que consegue com pouco fazer muito e, sem cortar na qualidade, manter e mesmo aumentar o público, apesar de o orçamento estar a decrescer, devido a um corte de 20% no ano passado que se manterá para o próximo”, adiantou.
Durante a conferência de imprensa, a presidente do Conselho de Administração revelou também que foi possível fazer “circular 30 espetáculos do São João por 28 cidades e 5 espetáculos em digressão internacional por 7 cidades”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile