Santander Escolhas 2

Mais de mil alunos acendem chama contra o antissemitismo no Porto

Mais de mil alunos acendem chama contra o antissemitismo no Porto

Esta quarta-feira, 9 de novembro, data em que se assinala o Dia Internacional Contra o Antissemitismo, o Museu Judaico e o Museu do Holocausto do Porto vão promover uma iniciativa conjunta que vai juntar nos seus espaços mais de mil alunos de escolas de Norte a Sul de Portugal.

Em comunicado, os promotores recordam que a data “alude ao 84º aniversário da Kristallnacht (“Noite dos Cristais”), nome dado à noite de 9 de novembro de 1938, na qual teve início um dos episódios mais sombrios da história da Humanidade: o Holocausto. Naquela noite, os vidros e as janelas de lojas, sinagogas e centros judaicos foram quebrados, na Alemanha e na Áustria.

Pelas 14h00, o Museu do Holocausto vai inaugurar uma exposição sobre a “Noite dos Cristais”, que será apresentada por Michael Rothwell, diretor do espaço. De seguida, será acesa uma chama na Sala Memorial do Museu, junto dos nomes de dezenas de milhares de pessoas assassinadas.

“Serão os alunos das escolas presentes os responsáveis pelo acender da chama, numa cerimónia que contará também com a presença do Coro masculino da comunidade judaica do Porto: Coro Mekor Haim”, indica.

Por sua vez, no Museu Judaico do Porto será feita uma visita guiada à Sala do Antissemitismo Moderno, que mostra o crescimento do fenómeno em Portugal entre 2015 e 2022, e a exibição do filme “Sefarad”.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=pli