PUB
Recheio 2024 Institucional

«Spirit of Chartwell» vai operar no rio Douro

«Spirit of Chartwell» vai operar no rio Douro
PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Após um curto período de paragem na sua atividade, no qual sofreu algumas alterações, o Spirit of Chartwell foi selecionado para ser o barco real das celebrações do jubileu da rainha. Segundo Mário Ferreira, os valores desta transação são confidenciais, mas o presidente da DouroAzul adianta que “o investimento realizado vem na sequência da aposta da empresa na captação de uma parte de turistas que se encontram no topo da pirâmide, e por conseguinte, estão preparados para investir mais de 5 mil euros por semana em programas turísticos”. Este cruzeiro, “feito à medida do cliente”, representa também um nível superior no que diz respeito aos cruzeiros fluviais. “Os clientes poderão usufruir de um serviço luxuoso que já não é classificado por estrelas, mas sim por “white glove service”, refere, salientando que os “clientes deste tipo de cruzeiro procuram as mais belas e tranquilas regiões do mundo, onde podem navegar com toda a privacidade e, nesse sentido, o Douro enquadra-se perfeitamente nos seus desejos e aspirações”.
A data prevista de chegada do barco está sinalizada para a primeira semana de setembro e, assim sendo, o Spirit of Chartwell ficará disponível no final do ano para quem o queira conhecer. De resto, o programa disponível para esta embarcação está já em fase de montagem e divulgação, mas Mário Ferreira adianta que o programa final está ainda dependente do “aprofundamento e interação entre a DouroAzul e as mais famosas caves, quintas, museus, restaurantes e atrações do Douro”.
Apesar de estar tudo preparado para receber a «nova estrela do Douro», neste momento ainda não está definido onde será o ancoradouro do Spirit of Chartwell. “Gostaria muito que esta embarcação pudesse ficar o mais próximo possível do local onde a rainha desembarcou no Porto, em 1957, e que esse local ficasse reconhecido como o Cais da Rainha”, confidenciou. Por todos estes motivos Mário Ferreira assegura que “para além de cumprir os requisitos necessários de espaço e conforto, o Spirit of Chartwell trará com ele uma herança muito rica que é a de ser reconhecido, na Commonwealth e no mundo anglo-saxónico, como o barco do Jubileu da rainha”.
PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz