PUB
Recheio 2024 Profissional

Ligação da Alfândega a Campanhã vai ser por elétrico ou metrobus

Ligação da Alfândega a Campanhã vai ser por elétrico ou metrobus

O canal do Ramal da Alfândega terá “um serviço de transporte público”. A ligação de 3,7km entre Campanhã e a Alfândega do Porto será assegurada por elétrico ou metrobus, sendo que a STCP Serviços está a realizar um estudo para decidir qual o meio mais indicado.

«”As coisas estão a avançar”, garante o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, quando questionado em Assembleia Municipal sobre o projeto de transporte público para o Ramal da Alfândega. O autarca garante que as obras de consolidação da escarpa já terminaram, estando atualmente a ser instalado “tout-venant”, um material utilizado na construção civil como base para estradas e que permitirá a utilização do canal também por quem quiser andar a pé», avança o Jornal de Notícias.

Rui Moreira adiantou, ainda, que STCP Serviços está a realizar um estudo para decidir qual o meio mais indicado para a ligação, entre um “elétrico contemporâneo” e um metrobus, sendo que, a vantagem deste último é que “caso não haja serviço aos fins de semana, aquele canal possa ser utilizado para lazer”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Prevê-se que a “ligação direta entre a zona do edifício da Alfândega e a estação de Campanhã” transporte “cerca de 2800 pessoas por dia”.

Na mesma reunião, o presidente da Câmara afirmou que há “um problema de acesso de veículos particulares e TVDE” ao Terminal Intermodal de Campanhã (TIC). Para evitar constrangimentos, a entrada poderá passar a ser condicionada, havendo a “possibilidade de criar um modelo semelhante às Zonas de Acesso Automóvel Condicionado (ZAAC)”, semelhante ao existente nos aeroportos.

Foto: Filipa Brito

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile