PUB
Recheio 2024 Profissional

Lançado concurso para 2ª. fase da reabilitação da “ilha” da Bela Vista

Lançado concurso para 2ª. fase da reabilitação da
Foi publicado esta quarta-feira em Diário da República (DR) o concurso público da Câmara do Porto para a segunda fase da reabilitação das casas da “ilha” da Bela Vista, com o valor base de 810 mil euros.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo com o texto publicado, as propostas para recuperar aquele conjunto de habitações municipais devem ser apresentadas no prazo de 30 dias e o prazo “de execução do contrato” deverá ser de nove meses (270 dias)
Na “ilha” da Bela Vista existem 40 casas e 12 famílias. A primeira fase das obras começou em novembro, com uma empreitada de 210 dias e um investimento de 540 mil euros.
Na reunião camarária de 3 de novembro, o vereador da Habitação da autarquia, Manuel Pizarro, afirmou, em resposta ao vereador da CDU Pedro Carvalho, que a primeira fase das obras abrangia “a requalificação das casas, as infraestruturas, a lavandaria e a sala comunitária” da “ilha”.
No final da reabilitação, a “ilha” da Bela Vista deve ficar com 30 habitações.
Situada na freguesia do Bonfim, no centro do Porto, a Bela Vista foi escolhida pela Câmara do Porto para iniciar a recuperação deste tipo de habitações, por ser considerada a “ilha” “mais representativa” das “cerca de três a cinco” que pertencem ao município.
O estudo “Ilhas do Porto – Levantamento e caracterização”, encomendado pelo atual executivo camarário, indicou a existência de 975 ilhas onde vivem 10.400 pessoas.
As “ilhas” são um tipo de habitação operária típica do Porto no século XIX, constituída por edifícios unifamiliares, normalmente de um piso e separadas ou ladeadas por um corredor de acesso à via pública.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz