PUB
Junta da Galiza

Laboratório de Fabricação Digital aproxima FAUP das empresas

Laboratório de Fabricação Digital aproxima FAUP das empresas

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
A estrutura destina-se a “explorar novas capacidades concetuais e materiais para a arquitetura e construção”, usando tecnologias digitais de desenho e fabricação digital que “seriam difíceis de concretizar com processos tradicionais e manuais”.

O Laboratório de Fabricação Digital (LFD) da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), inaugurado esta quarta-feira, vai intensificar a investigação centrada na área da arquitetura digital, que possibilitará “uma forte conexão com o tecido empresarial”. O novo espaço trabalhará em parceria com várias empresas do setor da construção em Portugal.
Segundo explicou Carlos Guimarães, diretor da FAUP, trata-se de uma área inovadora de “investigação que utiliza novas tecnologias e que permitirá, no futuro, uma forte conexão com o tecido empresarial e com outros núcleos de investigação europeus e internacionais”. O responsável sublinhou ainda que o trabalho desenvolvido na estrutura “pode ter efeitos muito importantes, quer na fabricação de materiais e das técnicas de construção, quer no design de produto, portanto, na conceção de objetos dos mais variados tipos”. Nas palavras de José Pedro Sousa, coordenador do DFL, o laboratório, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, com um investimento de 200 mil euros, destina-se “a explorar novas capacidades concetuais e materiais para a arquitetura e construção”, usando tecnologias digitais de desenho e fabricação digital que “seriam difíceis de concretizar com processos tradicionais e manuais”.

PUBLICIDADE