É tão bom comer assim PD

Jovens patrulham serras de Valongo a cavalo para prevenir incêndios

Jovens patrulham serras de Valongo a cavalo para prevenir incêndios

Até setembro, cerca de 30 jovens e adultos patrulham as Serras de Pias e Santa Justa, em Valongo, para prevenirem incêndios e recolherem lixo. Trata-se do projeto “Vigia a Cavalo”, desenvolvido pelo Centro Hípico de Valongo, com o apoio da Câmara Municipal, e que se realiza há já oito anos.

Para integrarem as equipas, compostas por seis adultos e quatro crianças, os vigilantes receberam formação da Proteção Civil, para saberem como reagir e alertar as autoridades em caso de incêndio. Como explica Miguel Brandão, responsável pelo Centro Hípico, citado pelo Jornal Verdadeiro Olhar, muitos dos participantes são já repetentes, o que acaba por trazer algumas vantagens. “Os mais velhos ensinam aos mais novos e há meninos que regressam todos os anos. Temos um caso em que começou aos 10 anos e agora tem 18. Já conhece todos os pontos e coordenadas e isso é uma mais-valia para nós”, nota.

Em relação ao lixo encontrado, o responsável afirma que 80% são garrafas de água e embalagens de iogurte além de existirem, também, muitos eletrodomésticos depositados na serra.

De referir que a Câmara Municipal de Valongo apoia estas patrulhas que se realizam diariamente, desde o mês de julho, com cerca de 4500 euros, e fornece, ainda, “um telemóvel à equipa de vigilância para ser utilizado nas comunicações com o serviço de Proteção Civil Municipal de Valongo e os corpos de bombeiros”, binóculos e coletes refletores.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem