PUB
Recheio 2024 Profissional

José Maia vence Grande Prémio da I Bienal de Arte de Gaia

José Maia vence Grande Prémio da I Bienal de Arte de Gaia
O evento, apadrinhado pelo músico Pedro Abrunhosa e pelo escritor Valter Hugo Mãe, será inaugurado a 11 de julho.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O pintor José Maia arrecadou o Grande Prémio da I Bienal de Arte de Gaia com a pintura “Mandela”, que se juntará às 140 outras obras selecionadas para o evento a arrancar a 11 de julho. Segundo explicou Agostinho Santos, diretor da bienal, “não foi uma escolha fácil”, sendo que a escultura de ferro e vidro “Coisas do Caminho”, de Diana Pereira, foi distinguida com o Prémio Revelação Jovem “António Joaquim”.
Para o responsável, que anunciou esta segunda-feira as obras premiadas, “o primeiro objetivo” do evento “está ganho” pelo número de artistas que aderiram e concorreram, num total de 350 obras apresentadas a concurso. Do total foram escolhidas 141 peças, que serão apresentadas em 17 exposições. O júri da bienal – composto pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, pelo diretor da iniciativa, Agostinho Santos, e pelos artistas plásticos Francisco Laranjo, Albuquerque Mendes e Zulmiro Carvalho – atribuiu também menções honrosas às pinturas de Augusto Canedo e Joana Pedro, à escultura de Jorge Abade e à fotografia de Rita Castro Neves.
Apadrinhada pelo músico Pedro Abrunhosa e pelo escritor Valter Hugo Mãe, a I Bienal de Arte de Gaia vai ainda homenagear o pintor Jaime Isidoro e o escultor José Rodrigues com mostras antológicas.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile