PUB
Santander Saúde

João Luís Barreto Guimarães vence prémio norte-americano de poesia

João Luís Barreto Guimarães vence prémio norte-americano de poesia

O poeta João Luís Barreto Guimarães venceu o prémio “Willow Run Poetry Book”, nos Estados Unidos da América, com a sua obra “Mediterrâneo”. 

Com esta distinção, atribuída pela editora americana Hidden River Press, o autor, natural do Porto, tornou-se o primeiro português, e o terceiro poeta, a ser distinguido com este galardão. Sucede aos nomes dos norte-americanos Roy Bentley, que venceu o prémio em 2019, e Carol Tyx, galardoado no ano anterior. 

Além do prémio monetário, equivalente a cerca de 830 euros, João Luís Barreto Guimarães verá ainda o seu livro de poemas “publicado e distribuído no mundo anglo-saxónico, numa edição da Hidden River Press, de Filadélfia, dirigida pela escritora Debra Leigh Scott, que presidiu ao júri”, revelou a editora portuguesa Quetzal. 

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De referir que em 2017 o poeta havia já sido agraciado por “Mediterrâneo”, ao vencer o Prémio de Poesia António Ramos Rosa. Em 2019, a obra foi finalista do prémio literário italiano Camaiori Belluomini. 

O livro, originalmente publicado em março de 2016, pela Quetzal, já foi editado em Espanha, Itália, França e Polónia. Pode ser adquirido, em edição bilingue (português/castelhano), na Câmara Municipal de Matosinhos, fruto de uma parceria estabelecida entre a autarquia e o autor.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem