CM Matosinhos

Jerónimo Martins é a retalhista alimentar com melhor classificação pelo CDP a nível mundial

Jerónimo Martins é a retalhista alimentar com melhor classificação pelo CDP a nível mundial

O Grupo Jerónimo Martins acaba de ser classificado, pelo CDP – Disclosure Insight Action, entre mais de 13 mil empresas do mundo, como a empresa retalhista alimentar com melhor classificação, registando dupla classificação “A” nos seus programas “Combate às alterações climáticas” e “Gestão da água enquanto recurso crítico”.

Já no que diz respeito ao combate à desflorestação, o grupo foi, pelo terceiro ano consecutivo, o único retalhista alimentar no mundo com um nível de liderança (A-) nas “commodities óleo de palma, carne de bovino e soja, associadas ao risco de desflorestação (na madeira/papel a pontuação é de B)”.

Em Portugal, o Grupo Jerónimo Martins mantém-se como a única empresa avaliada pelo CDP nos três programas e a única, este ano, a obter o nível A no combate às alterações climáticas e na gestão da água enquanto recurso crítico.
Face à avaliação do ano anterior, conseguiu subir a sua avaliação em “Combate às alterações climáticas”, antes classificado com A-, e em “Gestão da água enquanto recurso crítico”, classificado com B, sendo integrado na “A List” do CDP para ambos os programas.

Para Pedro Soares dos Santos, presidente e administrador-delegado do Grupo Jerónimo Martins, esta distinção atesta a “consistência e a determinação da estratégia [do grupo] de incorporar as preocupações com a sustentabilidade na forma como conduzimos os nossos negócios e de sermos rigorosos e transparentes na comunicação”.

“O verdadeiro compromisso com a sustentabilidade implica compreender a inevitabilidade e as vantagens de se trabalhar também para o longo prazo, o que é algo que Jerónimo Martins, que celebra em 2022 os seus 230 anos, conhece muito bem”, sublinhou ainda.

Os resultados em causa, note-se, refletem as boas práticas do Grupo Jerónimo Martins na gestão da relação entre prosperidade económica e preservação ambiental, que têm vindo a ser reconhecidas internacionalmente com a inclusão em mais de 90 índices de sustentabilidade, entre os quais o Eurozone 120 e Europe 120, ambos da Euronext Vigeo-Eiris, ou os FTSE4Good Global e Europe Indexes.

Importante referir que o CDP se trata de uma organização sem fins lucrativos que incentiva empresas e cidades a medir e gerir oportunidades e riscos em matérias de ambiente e de alterações climáticas. Anualmente, recolhe informação através dos seus programas “Combate às alterações climáticas”, “Desflorestação” e “Gestão da água enquanto recurso crítico”.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=26112021-pli&utm_campaign=pli

Viva! no Instagram. Siga-nos.