Recheio

Jerónimo Martins destaca-se no combate às alterações climáticas

Jerónimo Martins destaca-se no combate às alterações climáticas

Os resultados da avaliação anual realizada pelo CDP – Disclosure Insight Action colocam o Grupo Jerónimo Martins entre os líderes mundiais do setor do retalho alimentar, com uma classificação de A- (nível de liderança) nos programas “Climate Change” e em todas as commodities avaliadas no programa “Forests”, e B (nível de gestão) no programa “Water Security”.


O CDP – Disclosure Insight Action é uma organização sem fins lucrativos que incentiva empresas e cidades a medir e gerir oportunidades e riscos em matérias de ambiente e alterações climáticas. Anualmente, recolhe informação através dos seus programas “Climate Change” (Mudanças Climáticas), “Forests” (Florestas) e “Water Security” (Água), que, em 2019, analisaram mais de 8.400 empresas, equivalendo a metade da capitalização bolsista de todo o mundo.

Na avaliação, o Grupo Jerónimo Martins foi a única empresa portuguesa avaliada em todos os programas: “Climate Change”, “Forests” e “Water Security).

Segundo revela o comunicado enviado à VIVA!, no programa “Forests” – dividido em quatro commodities (óleo de palma, madeira, gado bovino e soja) -, o Grupo Jerónimo Martins é o único retalhista alimentar mundial classificado no nível liderança (A-), pontuação que alcança em todas as commodities. “É, de resto, uma das poucas empresas mundiais a alcançar o nível de liderança em mais do que uma commodity. Importa também destacar que a governance do Grupo mereceu o nível máximo de A nas quatro commodities”, acrescenta a nota.

No programa “Climate Change”, o Grupo foi classificado em A-, nível atribuído a apenas 30% das empresas de retalho em todo o mundo. “’Iniciativas para a redução de emissões’, ‘disclosure de riscos’ ou ‘governance’, classificadas com o nível máximo de A, ajudam a explicar este lugar de destaque conquistado por Jerónimo Martins”, esclarece o Grupo.

No que diz respeito à análise da gestão da água enquanto recurso crítico, a “Water Security”, o Grupo – que respondeu pela primeira vez a esta categoria – foi classificado no nível B (gestão).

“Estes resultados refletem as boas práticas do Grupo Jerónimo Martins na relação entre prosperidade económica e preservação ambiental, que têm vindo a ser reconhecidas internacionalmente com a inclusão em mais de 60 índices, entre os quais o Eurozone 120 e Europe 120, ambos da Euronext Vigeo-Eiris, ou os FTSE4Good Global e Europe Indexes”, salienta o comunicado.

De recordar que o Grupo Jerónimo Martins, enquanto membro do CGF – Consumer Goods Forum -, assumiu o compromisso “Zero Desflorestação Líquida até 2020”, com o objetivo de contribuir para a redução da taxa de desflorestação e para a respetiva perda de biodiversidade.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_campaign=menuchef&utm_content=290620-menu&utm_medium=banner&utm_source=vivaporto&utm_term=banner

Viva! no Instagram. Siga-nos.