PUB
Junta da Galiza

Já são conhecidos os horários dos concertos do Primavera Sound

Já são conhecidos os horários dos concertos do Primavera Sound

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O primeiro dia, quinta-feira, 8 de junho, acaba mais cedo e não existe sobreposição de concertos. Nos restantes dias, com mais dois palcos em funcionamento, o Palco. e o Pitchfork, já se terão de fazer escolhas.

Já foram divulgados os horários e distribuição por palcos dos concertos do Nos Primavera Sound que se vai realizar nos dias 8, 9 e 10 de junho no Parque da Cidade, no Porto.
O primeiro dia, quinta-feira, é o que termina mais cedo e que tem menos artistas a atuar, estando apenas os dois palcos principais abertos: o NOS e o Super Bock.
O músico português Samuel Uria vai abrir o festival na quinta-feira, dia 8, às 17h. Os primeiros a atuar no Palco Nos são os Cigarettes After Sex, banda de pop americana, às 17h55.

Nesse dia, não há sobreposição de horários, pelo que é possível assistir a todos os concertos uma vez que não há sobreposição de horários. Nos restantes dias, com mais dois palcos em funcionamento, o Palco. e o Pitchfork, já se terão de fazer escolhas.
A sexta-feira começa com os portugueses First Breath After Coma e já à noite, às 22h15 e à 1h, sobem ao palco Bon Iver e Nicolas Jaar, no palco NOS. Em simultâneo aos dois cabeças de cartaz, no palco Super Bock e depois no Palco., tocam os Swans e os King Gizzard & The Lizard Wizzard.
No último dia, 10 de junho, feriado nacional, Metronomy e Aphex Twin fecham o palco NOS. Nas noites de sexta e sábado o palco Pitchfork, que é programado com a colaboração do site de música americano, abre a partir das 21h e dá música até às 4h15 e às 5h, respetivamente.
Na segunda noite do festival, às 2h45, Richie Hawtin vai apresentar o CLOSE – Spontaneity & Synchronicity, um espetáculo audiovisual com 75 minutos de duração que “mistura DJ’ing com múltiplas câmaras” numa tentativa de  explorar “a relação entre a criatividade humana e a tecnologia”, numa performance com liberdade para improviso.
De recordar que a sexta edição do festival oferece uma programação extra nos Jardins do Palácio de Cristal, desenvolvida para as famílias. Começa no Dia da Criança, a 1 de junho, com o projeto Mão Verde de Capicua e Pedro Geraldes (11h30) a inaugurarem o Palco Mini NOS que vai ser montado na Concha Acústica. No dia 2 seguem-se Throes + The Shine (12h) e, no dia 4, pelas 11h30, a comemoração dos 50 anos de Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band dos Beatles.
Para os mais velhos, na noite anterior ao início do festival, a música começa em alguns espaços nocturnos da cidade, com concertos em simultâneo no Hard Club, Café Au Lait, Maus Hábitos, Plano B e Passos Manuel.
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile