CMPorto

Já é conhecida a palavra do ano 2022

Já é conhecida a palavra do ano 2022

Os portugueses elegeram “guerra” como a palavra do ano 2022. O vocábulo foi escolhido com o “maior valor percentual de sempre” (53%), anunciou esta quinta-feira a Porto Editora, sublinhando que a palavra eleita remete para a “invasão da Ucrânia pela Rússia, que deu início ao maior conflito militar na Europa desde a Segunda Guerra Mundial”.

“Inflação” e “urgências” foram a segunda e terceira palavras mais votadas, respetivamente, com 18,8% e 6,6% dos votos. Seguem-se os vocábulos “rainha”, alavra escolhida numa alusão à morte de Isabel II de Inglaterra, “energia”, “seca”, “abusos”, “ciberataque”, “nuclear” e “juros”.

A lista das dez palavras escolhidas foi votada “online”, durante o mês de dezembro e representa as “mais de 7 mil sugestões recebidas em palavradoano.pt e das principais palavras pesquisadas ao longo do ano no Dicionário da Língua Portuguesa”.

Recorde-se que no ano passado “vacina” foi eleita a Palavra do Ano  em Portugal, tendo sido antecedida por “saudade” (2020), “violência doméstica (2019), “enfermeiro” (2018), “incêndios” (2017), “geringonça” (2016), “refugiado” (2015), “corrupção” (2014), “bombeiro” (2013), “entroikado” (2012), “austeridade” (2011), “vuvuzela” (2010) e “esmiuçar” (2009).

PUB
www.pingodoce.pt/folhetos/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobompouparassim&utm_campaign=institucional