PUB
Recheio 2024 Institucional

Investigadora Maria Manuel Mota vence Prémio Pessoa 2013

Investigadora Maria Manuel Mota vence Prémio Pessoa 2013

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
“Fico muito satisfeita que a sociedade portuguesa considere que a nossa equipa está a fazer um bom trabalho, que merece ser reconhecido, e que isso tem impacto no país; dá-nos um grande entusiasmo, uma vontade de continuar a fazer o que podemos fazer melhor: descobrir alguma estratégia para combater a malária”, salientou.

A investigadora portuense Maria Manuel Mota foi distinguida com o Prémio Pessoa 2013, pelos seus estudos sobre a malária. O galardão é concedido, anualmente, à pessoa de nacionalidade portuguesa que, durante esse período e na sequência de uma atividade anterior, tiver sido protagonista de uma intervenção particularmente relevante e inovadora na vida artística, literária ou científica do País.
Em declarações à Lusa, Maria Manuel Mota dedicou o prémio “a todos os cientistas a fazer ciência em Portugal”, confessado ter recebido a notícia com muita surpresa. “Fico muito satisfeita que a sociedade portuguesa considere que a nossa equipa está a fazer um bom trabalho, que merece ser reconhecido, e que isso tem impacto no país; dá-nos um grande entusiasmo, uma vontade de continuar a fazer o que podemos fazer melhor: descobrir alguma estratégia para combater a malária”, salientou.
Licenciada em Biologia pela Universidade do Porto, fez o Mestrado em Imunologia e doutorou-se em Parasitologia Molecular na University College of London. Depois de um pós doutoramento na New York University Medical Center, foi investigadora principal no Instituto Gulbenkian da Ciência. Em 2005 tornou-se investigadora principal do Instituto de Medicina Molecular e Professora da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, sendo a sua área científica a malária, uma das causas principais de mortalidade a nível mundial.

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce