PUB
Santander Saúde

Instituições de solidariedade do Porto ajudaram cerca de 54 mil pessoas carenciadas

Instituições de solidariedade do Porto ajudaram cerca de 54 mil pessoas carenciadas

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
As instituições de solidariedade social do distrito do Porto apoiaram, no ano passado, cerca de 54 mil pessoas carenciadas.

De acordo com números fornecidos pelo padre José Lopes Baptista, presidente da União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social do Porto (UDIPSS – Porto), o apoio prestado pela rede de 370 instituições contou com o suporte de 13 mil colaboradores, três mil voluntários fora dos órgãos sociais e 4070 em órgãos sociais.
O responsável destacou o “percurso positivo” destas instituições no período que decorreu entre o início da crise e a atualidade.
Segundo o dirigente, “apesar da austeridade as instituições conseguiram manter-se. Houve indicações para que não embarcassem em despedimentos, mas antes em prosseguir o seu apoio. E em alguns casos até houve aumento do emprego”.
O apoio que surgiu da sociedade em termos de voluntariado, de acordo com o responsável, também se fez sentir: “o aumento do voluntariado – que tem um peso de otimização – decorre de ter havido mais desemprego, com essas pessoas a darem o melhor de si próprio como fonte de realização pessoal”.
No caso concreto da terceira idade, que ocupa também o quotidiano de preocupações da UDIPSS, o dirigente considerou que “não há uma correlação entre o apoio da Segurança Social e a vida das pessoas”.
“As regras que nos regem estão fora de prazo devido à duração de vida das pessoas e dos seus comportamentos de saúde e físico”, observou igualmente, afirmando que o setor que superintende na região do Porto “contribui muito para o PIB [Produto Interno Bruto] nacional, cerca de 20%”.
José Lopes Baptista, que disse esperar ser este o último mandato que cumpre na liderança da UDIPSS-Porto, considerou que “é fora das cidades que as instituições de cariz social estão [mais] implantadas” e deu conta de uma alteração de paradigma na forma como hoje surge este tipo de trabalho.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz