PUB
CMPorto

IMT testa formas para tornar emisssão/renovação de cartas de condução mais eficaz

IMT testa formas para tornar emisssão/renovação de cartas de condução mais eficaz
O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) está a desenvolver e a testar formas de aumentar a eficácia na emissão/revalidação de cartas de condução, que chega a demorar um ano ou mais.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“O IMT encontra-se a desenvolver aplicações informáticas para aumentar a eficácia e eficiência dos procedimentos relativos à emissão/revalidação de cartas de condução, através da simplificação, desburocratização e desmaterialização de processos”, disse fonte oficial da instituição à agência Lusa.
De acordo com o Departamento de Difusão da Informação Pública do IMT, este processo retira “recursos, que já de si são escassos, a outras tarefas”, adiantando que está em curso um “projeto conjunto com a Direção-Geral da Saúde” de modo a “simplificar o procedimento quanto ao atestado médico eletrónico” e assim “permitir maior celeridade e fiabilidade aos dados inseridos”.
O IMT espera ainda “a breve prazo” que “os esforços aplicados no desenvolvimento de aplicações informáticas” deem “resposta célere às diversas solicitações no âmbito das competências do IMT”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile