CIN - Branco Perfeito

ICBAS e ISPUP querem criar primeiro registo oncológico animal em Portugal

ICBAS e ISPUP querem criar primeiro registo oncológico animal em Portugal

“Vet-OncoNet” (Veterinary Oncology Network), assim se designa a plataforma online, que será lançada a 6 de dezembro, e que pretende reunir informação sobre neoplasias presentes em animais de companhia e criar um registo oncológico animal a nível nacional.

A plataforma pioneira em Portugal irá “agregar informação epidemiológica, de diagnóstico e clínica relacionada com a oncologia veterinária”, fornecendo assim “dados importantes para a Saúde Animal, Humana e Ambiental”, explica João Niza Ribeiro, docente no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) e membro da direção do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), as duas entidades envolvidas no projeto.


“Com a informação que a plataforma vai reunir, pretendemos compreender melhor qual a frequência e a distribuição dos tumores em todo o país e estudar fatores de risco em animais de companhia. Algo que até agora não era possível, porque não existia um registo nacional dos casos de tumores em animais”, explicou o responsável ao portal de boticas da U.Porto.

A plataforma vai incluir um espaço próprio para os médicos veterinários, proprietários de animais e laboratórios de diagnóstico veterinário submeterem informação. “No caso dos médicos veterinários serão dados relativos a cada caso oncológico que atendem e, no dos proprietários de animais, será informação sobre o dia a dia do seu animal de companhia”, especificou Katia Pinello, docente no ICBAS e investigadora associada ao projeto.

Por detrás da “Vet-OncoNet” está subjacente o conceito de “One Health” (“Uma Saúde”), que entende que a saúde humana, animal e dos ecossistemas está interligada. “Uma vez que os animais de companhia partilham ambientes com os seus detentores, o infortúnio de desenvolverem uma doença oncológica pode constituir sinal de alerta para um risco acrescido, potencialmente evitável se for detetado precocemente”, refere Augusto de Matos, docente do ICBAS.

“Acreditamos, por isso, que esta plataforma será um meio bastante eficaz para a pesquisa e prevenção do cancro”, acrescentou o responsável.
“Além disso, queremos ser uma rede aberta à colaboração com outras Instituições de Ensino de Medicina Veterinária. A UTAD, por exemplo, já manifestou interesse em ser parceiro institucional desta rede”, concluem os investigadores.

A “Vet-OncoNet” será lançada oficialmente no dia 6 de dezembro, pelas 10h30, no Salão Nobre do ICBAS, numa sessão aberta a todos os interessados na área da Oncologia Veterinária. As inscrições devem ser efetuadas para o e-mail [email protected]

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/menu-seleccao-do-chef/menu-dia-dos-namorados-3/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=diadosnamorados&utm_campaign=menudochef