PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Hospital São João vai ter um novo jardim urbano. Aprovação do Heliporto à vista

Hospital São João vai ter um novo jardim urbano. Aprovação do Heliporto à vista

O Hospital São João vai requalificar as áreas verdes junto ao Heliporto e criar um novo jardim urbano, de forma a cumprir os “requisitos de segurança exigentes” para obter a certificação da Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC). A obra do, construído de raiz em plataforma elevada, encontra-se finalizada desde novembro e aguarda o selo da ANAC que permitirá receber voos de emergência médica.

“O acesso rápido e eficiente a cuidados altamente diferenciados é crucial na resposta a casos de trauma grave, sépsis, neurocríticos, entre outras situações. Nestes casos, seja em idade adulta ou pediátrica, os serviços de Urgência e Medicina Intensiva do São João são referência para a zona Norte do país, pelo que é necessário reduzir os tempos de transporte e diminuir os riscos associados à transferência de doentes”, lê-se no comunicado enviado à VIVA!, sublinhando que “o Hospital está integrado no plano de Proteção Civil regional e nacional, como componente central de resposta médica em casos de catástrofes naturais, acidentes de elevada dimensão, entre outros”.

A fim de facilitar a certificação do heliporto, o São João vai dar início imediato a uma “obra orçada em mais de um milhão de euros”, de acordo com o Porto Canal.

“Estamos a tentar transformar uma condicionante numa oportunidade. Temos uma mata que nasceu com o hospital e é muito pouco utilizada, uma mata algo desregrada que vamos transformar num jardim mais urbano e aberto”, explicou Jorge Sousa, diretor do serviço de instalações e equipamentos.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Segundo a mesma fonte, «serão plantadas “mais de 400 árvores e mais de 6.000 espécies arbóreas”, criadas zonas de circulação novas, um jardim de biodiversidade na parte nascente do hospital, enquanto o jardim da ala psiquiátrica terá valências para a saúde mental».

O novo jardim urbano terá uma área de cerca de 16.000 metros quadrados.

Referindo-se ao heliporto, Roberto Roncon, diretor clínico do hospital, acredita que “esta infraestrutura vai ajudar-nos a salvar vidas”.

O Heliporto São João destina-se à operação de helicópteros de emergência médica, disponível 24 horas por dia, 365 dias/ano.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile