PUB
Recheio 2024 Institucional

Hospital Gaia/Espinho inaugura Pavilhão de Ambulatório

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho inaugura esta sexta-feira o seu novo Pavilhão de Ambulatório, uma obra “emblemática” do projeto de reabilitação da unidade hospitalar, orçado em 40 milhões de euros.

“Com estas novas instalações, deixamos de parte os antigos contentores e oferecemos aos que nos procuram um ambiente mais condigno, mais afável e capaz de reduzir as suas naturais ansiedades face à situação de doença, tornando a sua estadia entre nós menos difícil”, declarou à agência Lusa Silvério Cordeiro, presidente do conselho de administração do centro hospitalar.
O novo pavilhão, que é hoje inaugurado mas que entrou em funcionamento a 13 de março, é a obra “mais emblemática” do plano de reabilitação do centro hospitalar, fazendo a ligação com os outros edifícios já existentes.
De acordo com os responsável, o novo pavilhão de ambulatório deverá albergar os serviços da Consulta Aberta de Medicina Interna, da Unidade de Insuficiência Cardíaca e da Unidade de Cuidados Paliativos, especialidades que se irão juntar às de Hematologia Clínica, Imunoalergologia, Oncologia Médica, Reumatologia e a Unidade de Doenças Infecciosas que ali verão concentrada quase toda a sua atividade de consulta externa. Os cuidados ali prestados serão em regime de hospital de dia e em consulta externa.
“É importante ter presente que diariamente no Pavilhão Ambulatório são realizadas, em média, 77 sessões e cerca de 129 consultas externas”, realçou Silvério Cordeiro, frisando que o Centro Hospitalar de Gaia/Espinho “é um bom exemplo de sucesso na ambulatorização de cuidados” tendo em 2014 realizado 60% das cirurgias neste regime.
Com um custo de 12,8 milhões de euros, cofinanciados em sete milhões pelo programa operacional do Norte ON.2, esta é a primeira de três fases do plano de reabilitação do centro hospitalar, que deverá estar concluído em setembro.
As fases seguintes, com o valor estimado de 27,2 milhões de euros, incluem a reformulação do Sistema de Urgência e Emergência e a instalação do Internamento de Pediatria, Unidade de Cuidados Intensivos Pediátrica, Neonatologia, Unidade de Medicina Reprodutiva, Blocos Operatórios, Internamento de Ginecologia e Obstetrícia, Internamento de Ortopedia e Internamento de Otorrinolaringologia.
A cerimónia de inauguração do Pavilhão de Ambulatório do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho está marcada para as 12h e será presidida pelo ministro da Saúde, Paulo Macedo.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile