PUB
Recheio 2024 Institucional

Hospital de Braga deu um passo de gigante na luta contra o Parkinson

Hospital de Braga deu um passo de gigante na luta contra o Parkinson

Deu-se um passo significativo ao implementar um tratamento revolucionário para pacientes em estágio avançado da Doença de Parkinson, na Unidade Local de Saúde de Braga (ULS de Braga).

Este tratamento pioneiro passa pela introdução da Duodopa subcutânea e representa uma mudança promissora, oferecendo a redução da quantidade diária de medicamentos necessários e uma melhoria no controle dos sintomas.

Paula Vaz Marques, Diretora Clínica dos Cuidados de Saúde Hospitalares da ULS de Braga, expressou a sua satisfação ao afirmar: “É uma enorme satisfação que podemos contribuir para a melhoria da qualidade de vida destes utentes que sofrem, diariamente, com os efeitos da Doença de Parkinson.”

Este acrescentou que “acreditamos que este novo medicamento pode fazer uma diferença real na vida dos nossos utentes e é para isso que trabalhamos continuamente”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Os estudos clínicos realizados revelaram a eficácia deste novo método na redução dos sintomas motores da doença.

De acordo com o Porto Canal, em abril, uma mulher com Doença de Parkinson em estágio avançado foi a primeira paciente a receber o tratamento com Duodopa subcutânea na ULS de Braga.

Antes do tratamento, a paciente sofria de flutuações motoras graves, que frequentemente a impediam de realizar suas atividades diárias. Isso exigia a administração frequente de medicamentos para controlar os sintomas.

“Após iniciar o tratamento com Duodopa por infusão subcutânea contínua, a paciente experimentou uma melhoria significativa na sua qualidade de vida”, destacou o comunicado.

Fotografia: Pexels
PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem