PUB
PD - Revista Sabe Bem

Hospitais continuam a endividar-se apesar da Lei dos Compromissos

Em declarações à Lusa, Ana Paula Carvalho, da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), esclareceu que 70 por cento da dívida de 2011 já foi liquidada, mas que o valor continua a crescer, sendo que em outubro se situava nos 1.197 milhões, valor que considera “insustentável”. Ainda assim, para a responsável, o esforço do Ministério da Saúde tem sido notável, uma vez que entre julho e agosto pagou 532 milhões de euros de dívidas às empresas farmacêuticas, prosseguindo, desde então, o pagamento. “Muitas das nossas empresas associadas alargaram os prazos de pagamento dos hospitais, mas apesar disso a dívida continua a subir”, sublinhou. Apesar de ser um dos aspetos que a Lei dos Compromissos pretende evitar, o alargamento dos prazos de pagamento é possível por corresponder à decisão individual de cada uma das empresas farmacêuticas.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem