PUB
Junta da Galiza

Hábitos alimentares pioram com a idade

Hábitos alimentares pioram com a idade
A qualidade do que comem os adolescentes piora à medida que a idade avança, confirma o relatório nacional. Tomar o pequeno-almoço é coisa rara para a maioria dos adolescentes portugueses.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“Se até aos 11 anos, as crianças portuguesas ainda respeitam algumas das regras de uma alimentação saudável, aos 15 respeitam muito menos”. De acordo com os dados do relatório ‘Alimentação Saudável em Números’, ontem apresentado pela Direção-Geral da Saúde, «os hábitos alimentares dos adolescentes portugueses evidenciam uma redução da qualidade à medida que a idade avança, do 6º ao 10º ano». Os resultados comprovam a teoria: no que diz respeito ao pequeno-almoço, no 6.º ano são 3,7% os que nunca tomam a primeira refeição do dia, valor que aumenta para os 8,9% no 10.º; já o consumo de fruta é raro para 7,3% dos que frequentam o 6.º ano, subindo para 9% quando inquiridos os alunos do 10.º. Dados «preocupantes» e que motivam o aumento do número de nutricionistas nos centros de saúde para o dobro, como anunciou o secretário de Estado adjunto do ministro da Saúde.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile