Sogrape

Habitação acessível de Lordelo do Ouro: concursos receberam mais de 70 propostas

Habitação acessível de Lordelo do Ouro: concursos receberam mais de 70 propostas

Os concursos para apresentação de propostas para a construção de habitação acessível em Lordelo do Ouro, publicados, no início de abril, em Diário da República, receberam mais de 70 propostas, revelou a Câmara Municipal do Porto, considerando que este número “atesta a importância desta iniciativa e o interesse que suscitou entre os projetistas”.

Recorde-se que os projetos englobavam três concursos distintos: “um para a conceção de obras de urbanização, espaço público e paisagismo, que contempla a renaturalização do troço da ribeira da Granja, bem como a reestruturação viária e urbanística de toda a área” e dois destinados, igualmente, à construção de cinco edifícios de habitação coletiva. 

No total, o projeto prevê a construção de cerca de 300 fogos – T2 e T3 –, distribuídos por cinco blocos de habitação, destinados ao mercado de arrendamento acessível, num investimento municipal de cerca de 46 milhões de euros.  

As propostas vencedoras serão contempladas com prémios no valor de 15 mil euros (e a adjudicação dos projetos), estando prevista também a atribuição de 10 mil e 5 mil euros aos segundos e terceiros classificados, respetivamente. Além disso, está ainda prevista a possibilidade de atribuição de duas menções honrosas. 

Note-se que este projeto se enquadra na estratégia do município de reforço da oferta de habitação na cidade inscrita no novo Plano Diretor Municipal. 

PUB
www.pingodoce.pt/receitas/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobomcomerassim&utm_campaign=institucional