PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce

Guilherme Pinto conquista maioria absoluta em Matosinhos

Guilherme Pinto conquista maioria absoluta em Matosinhos

“Fizemos história ao demonstrar que quando os cidadãos querem não estamos sujeitos à ditadura dos partidos”, referiu o autarca reeleito.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Guilherme Pinto foi reeleito presidente da Câmara de Matosinhos, derrotando, com uma margem folgada, o candidato socialista António Parada. Para o independente, que ganhou a corrida eleitoral com maioria absoluta, este domingo foi “um dia histórico” por obrigar os partidos a mudar a forma de fazer política.

“Fizemos história ao demonstrar que quando os cidadãos querem não estamos sujeitos à ditadura dos partidos”, anunciou, no seu discurso de vitória. Mais tarde, o autarca eleito acusou o presidente da Federação do PS, José Luís Carneiro, de lhe ter feito “uma vingança pessoal”, à qual José António Seguro “não teve a coragem de se opor”. Defendeu, depois, que o PS perdeu a câmara “por culpa exclusiva” de José Luís Carneiro. “Hoje, conseguimos acabar com os estereótipos e com a ideia de que o peso do símbolo dos partidos era mais importante do que as pessoas. Não são”, sustentou.
O candidato socialista à autarquia de Matosinhos manifestou-se “boquiaberto” por ter perdido a Junta de Freguesia de Matosinhos, que liderou nos dois últimos mandatos, defendendo que os independentes enganaram o povo matosinhense.
PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem