PUB
Junta da Galiza

Greve da EMEF provoca atrasos no metro do Porto

Greve da EMEF provoca atrasos no metro do Porto

A Metro do Porto admitiu esta segunda-feira atrasos até dois minutos na Linha Amarela e entre a Senhora da Hora e o Estádio do Dragão. Já nas linhas Azul, Vermelha, Verde, Violeta e Laranja, os atrasos podem ser de 15 minutos.

Em comunicado publicado na página oficial da empresa no Facebook, a Metro do Porto informa que, devido à greve dos trabalhadores da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF), a oferta em todas as linhas da rede “está e estará condicionada ao longo dos próximos dias”.

“Existem alterações de frequências na ordem dos um a dois minutos na Linha Amarela e no tronco comum entre a Senhora da Hora e o Estádio do Dragão”. Nas linhas Azul, Vermelha, Verde, Violeta e Laranja, a empresa admite que os horários de passagem do Metro “podem registar variações máximas de 15 minutos”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Apesar do esforço para “manter a capacidade de transporte”, a Metro do Porto diz “não ser possível garantir o cumprimento das frequências e dos horários habituais”.

Fonte da empresa admitiu à Agência Lusa que o cenário de “suspensão temporária de uma ou mais linhas continua em aberto”, estando a situação a ser “monitorizada em permanência” pelo que poderão haver “desenvolvimentos até ao final do dia”.

Os trabalhadores da EMEF decidiram na sexta-feira continuar com as paralisações até 12 de maio, reivindicando a “atualização salarial que não acontece desde 2009”, a “atualização do subsídio de turno” e a “atualização de regulamento de carreiras”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile