PUB
PD - Revista Sabe Bem

Greater Porto recebe mais de 100 milhões de euros em investimento

Greater Porto recebe mais de 100 milhões de euros em investimento

O projeto Greater Porto, que visa “atrair investimento para a região da Frente Atlântica”, já recebeu mais de 100 milhões de euros em investimentos para as cidades do Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos. Tendo como “foco prioritário” a indústria e a habitação, os três municípios estão presentes numa “ação conjunta de promoção” no maior evento imobiliário a nível mundial, MIPIM, que decorre até esta sexta-feira, dia 17 de março, em Cannes.

Este valor foi anunciado por Ricardo Valente, vereador da Economia, Emprego e Empreendedorismo, que se encontrava no mesmo evento que Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, e Pedro Baganha, vereador do Urbanismo e da Habitação, segundo a informação divulgada pelo Porto.

“A procura de investimento tem sido superior nos mercados americano, asiático, espanhol e do norte da Europa e o montante vem crescendo desde a apresentação do Greater Porto, em outubro do ano passado, na Expo Real, na Alemanha. ‘Satisfeito’ com a participação no MIPIM, o presidente da Câmara do Porto sublinhou a importância de mostrar a potenciais investidores como os municípios da Frente Atlântica se assumem como ‘territórios contíguos’.”, lê-se.

“Mais vale explicar aquilo que nos une do que explicar aquilo que nos separa, que foi o que foi feito durante tantos anos”, acrescentou Rui Moreira. No evento, a Greater Porto “procurou ‘tranquilizar’ os investidores, que tradicionalmente apostam em Portugal, relativamente ao ‘receio do pacote legislativo [para a habitação]’”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“Estivemos a tentar tranquilizá-los, explicar que modelos nos interessam, como [modelos de habitação para] a renda acessível em que temos todas as garantias que vão continuar”, esclareceu o autarca portuense.

Da parte do município de Gaia, António Costa, presidente do Conselho de Administração da Gaiurb, “sublinhou a importância das empresas nacionais que ‘confiaram na audácia’ dos três municípios”. Já a cidade de Matosinhos, foi representada por Marta Pontes, vereadora da Promoção e Apoio a Atividades das Áreas do Desenvolvimento Económico da Câmara de Matosinhos, que “frisou o ‘posicionamento’ – ‘mais do que números’ – que a presença em eventos como o MIPIM alavanca para os territórios”.

Durante esta edição do evento, que conta com “21 empresas nacionais, entre mais de 23 mil participantes”, foi, ainda, entregue à Câmara Municipal do Porto o prémio “Cidades Europeias do Futuro”, atribuído pela fDi Intelligence, publicação do Financial Times, que “reconhece as estratégias de atração de investimento de 90 cidades e regiões”.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem