CIN - Branco Perfeito

Governo pretende reduzir subsídio por doença

A possível alteração insere-se num novo pacote de revisão das prestações sociais, nomeadamente do rendimento mínimo garantido e do subsídio de maternidade.
Segundo a edição de hoje daquele jornal, serão criados vários escalões no subsídio por doença, que começam em 55% da remuneração de referência para baixas inferiores a um mês e sobem para 60%, nos casos de baixa entre um mês e 90 dias. Entre as regras que deverão manter-se estão o pagamento do subsídio, que só se inicia ao quarto dia de incapacidade, e a sua duração, que continuará a ser no máximo de 1095 dias para trabalhadores dependentes.
PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca/encomendas/menu-seleccao-do-chef/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=menuchef