Recheio 2023

Gondomar combateu mais de 1800 ninhos de vespa asiática

Gondomar combateu mais de 1800 ninhos de vespa asiática

Ao longo dos últimos quatro anos, o Serviço Municipal de Proteção Civil de Gondomar procedeu ao combate de 1815 ninhos de vespa velutina, conhecida como vespa asiática.

Num comunicado divulgado na sua página oficial, a Câmara Municipal local explica que em 2021 foram eliminados 725 ninhos, sendo que desde o início deste ano até ao dia 8 de fevereiro já foram combatidos 54.

Dos ninhos de vespa asiática eliminados no ano passado, 350 quais foram-no através do “novo método que passou a ser utilizado a partir de 22 de novembro de 2021”. Trata-se de um “método de intervenção seletivo e localizado, através da injeção no ninho de uma solução composta por feromona de agregação, inseticida e de biocida, a qual vai entrar no sistema alimentar das vespas e, assim, eliminá-las”, explica a autarquia.

De acordo com o município, a intervenção pode ser realizada através de uma “cana extensível em fibra de carbono, em que a solução é injetada no ninho através de uma agulha” ou através de uma “arma de ar comprimido, quando a distância ao ninho é maior”.

“Em qualquer das situações, depois de intervencionado, o ninho permanece no local, começando a desfazer-se ao fim de cerca de 7 dias”, prossegue.

Em causa está um método “mais célere, eficaz e mais seguro”.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem