PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Galerias Lumière vão mesmo dar lugar a um hotel

Galerias Lumière vão mesmo dar lugar a um hotel

As Galerias Lumière, no Porto, finalmente viram o projeto de arquitetura para o hotel que será construído no local ser aprovado, após uma longa espera desde novembro. A decisão foi confirmada esta quarta-feira pela Câmara do Porto.

O encerramento das Galerias Lumière, um espaço comercial movimentado, foi anunciado em outubro de 2019. Na época, segundo o Porto Canal, os lojistas enfrentavam pressão da administração do local para deixarem o espaço rapidamente, descrevendo a situação como “bullying” imobiliário.

Em 2021, apenas alguns lojistas resistiam em dois pisos, incluindo a Livraria Poetria, classificada como tendo interesse cultural, que acabou por sair no último trimestre do ano. Isso aconteceu após várias ordens de despejo e a aprovação pela autarquia de uma cedência temporária de um imóvel na Rua Sá de Noronha.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A Câmara do Porto confirmou que o projeto de arquitetura para o hotel nas Galerias Lumière foi aprovado a 20 de maio, e os projetos de especialidade já foram submetidos para análise. Houve alterações ao projeto original, incluindo o acesso à Rua das Oliveiras do compartimento coletivo de armazenagem de contentores.

As Galerias Lumière, localizadas numa zona de proteção do Depósito de Materiais da Fábrica das Devesas, requerem um parecer da Cultura. Após uma série de pareceres favoráveis e desfavoráveis, o projeto finalmente foi aprovado, com algumas condições, pela Direção Regional de Cultura do Norte em julho de 2023.

As galerias, que já foram um ponto central na vida comercial e cultural do Porto, passaram por obras de restauro em 2012 e 2013, mas foram fechadas em 2019 após a decisão de transformar o espaço num hotel, causando polémica entre os lojistas e o público em geral.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz