PUB
PD- Revista Sabe bem

Gaia avança com obras na frente ribeirinha no valor de 2,1 milhões de euros

Gaia avança com obras na frente ribeirinha no valor de 2,1 milhões de euros

A Câmara de Vila Nova de Gaia lançou concursos para várias obras em locais da frente ribeirinha do Douro que incluem o reforço das margens, requalificação ambiental, entre outros trabalhos.

Um dos concursos diz respeito à obra de reforço da proteção da margem do rio Douro entre a Quinta dos Frades, em Oliveira do Douro, e o Areínho de Avintes, que tem um prazo de execução de 120 dias e o valor base ronda os 355 mil euros.

Os trabalhos contemplam a montagem e desmontagem de estaleiro, a instalação de uma rede de iluminação pública, a construção de escadas de granito, a instalação de guarda metálica de proteção e a construção de passadiço de estrutura metálica, entre outros aspetos, segundo avança o Sapo 24.

Um segundo concurso refere-se à requalificação ambiental da frente fluvial do rio Douro entre a ponte do Freixo e a Quinta dos Cubos, também na freguesia de Oliveira do Douro. O custo da obra ronda os 586 mil euros e prazo de execução é de 180 dias.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Com um custo de cerca de 611 mil euros e um prazo de execução de 270 dias, a reabilitação do espaço público do núcleo histórico ribeirinho de Arnelas, no Olival, tem por objetivo a reabilitação e remodelação das infraestruturas de vários arruamentos e escadarias.

O último concurso diz respeito à obra de reabilitação do centro histórico ribeirinho do Espinhaço, em Avintes, com um custo base de cerca de 629 mil euros e um prazo de execução de 270 dias.

Os anúncios foram publicados quinta-feira em Diário da República.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem