Sogrape

Gaia atribui excedente do Fundo de Recuperação Covid a instituições

Gaia atribui excedente do Fundo de Recuperação Covid a instituições

A Câmara Municipal de Gaia, que, no âmbito da covid-19, adotou um conjunto de medidas com o objetivo mitigar o impacto da pandemia, vai atribuir o excedente desse apoio a várias instituições do concelho.

Em nota de imprensa, o município explica que o Fundo de Recuperação Covid tinha uma dotação orçamental global de 5.3 milhões de euros e “depois da avaliação das propostas apresentadas, distribuídas por 11 linhas de apoio, o valor global não se esgotou”.

Foi “estornado cerca de 2,4 milhões de euros”, sendo que “esse valor será agora aplicado, de forma proporcional e redistributiva, em função da massa salarial das instituições, até ao limite máximo de 150 mil euros por instituição”, pode ler-se.

Esta ação será “para ajudar IPSS’s especialmente vocacionadas para o apoio a idosos, a pessoas com deficiência e para as que desenvolvem, em regime de parceria, o programa Gaia Aprende+”.

A autarquia considera que desta forma continua a ser cumprido o objetivo do Fundo de Recuperação: “mitigar o impacto financeiro provocado pela atividade de resposta às múltiplas necessidades emergentes da crise sanitária, que provocou sérias consequências no equilíbrio orçamental”.

A atual conjuntura atual não perspetiva a resolução dos problemas de sustentabilidade financeira e neste contexto, “para a Câmara de Gaia, é de crucial importância a mitigação das dificuldades das instituições particulares de solidariedade social, cuja atividade diária se centra nas respostas sociais à população”, refere ainda o documento.

Foto: CM Gaia

PUB
www.youtube.com/watch?v=sGBN85XLjXI/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=natal