PUB
Philips S9000

Gaia alerta para a violência no namoro

Gaia alerta para a violência no namoro

A exposição “Diz Não à Violência no Namoro”, aberta ao público no Centro Cívico de Vila Nova de Gaia até ao dia 28 de fevereiro, visa consciencializar os jovens acerca deste problema atual.

Inaugurada no Dia de São Valentim pelo município de Gaia, a mostra “contempla imagens de um projeto de combate à violência no namoro que englobou 183 participantes e percorreu cinco escolas do concelho, nomeadamente: escola secundária Diogo de Macedo, escola secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves, Instituto de Artes e Imagem, escola secundária Inês de Castro e Escola Profissional de Artes, Tecnologias e Desporto”, lê-se no website oficial da Câmara Municipal. Cada imagem “conta com um QR Code, onde se podem visualizar vídeos explicativos de cada campanha idealizados e interpretados pelos jovens”.

Além da abertura da exposição, foi realizada uma palestra no Instituto Politécnico de Gestão e Tecnologia (ISLA) que contou com a participação da criminóloga da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), Mariana Saraiva, e a psicóloga da APAV, Larissa Gonzalez, moderada por Rita Monteiro, psicóloga do Gabinete de Juventude. Nesta conferência foram, também, analisados os resultados do projeto que teve início a 25 de outubro de 2022 e, “durante as várias sessões, os jovens foram sensibilizados para a importância das relações saudáveis, sendo também realizada uma recolha de contributos para um combate mais efetivo aos perigos da violência no namoro”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo com a mesma fonte e segundo declarações prestadas por Elísio Pinto, vereador da Câmara Municipal de Gaia com o pelouro da Juventude, o intuito é “contribuir de forma permanente” no combate a este problema social, não se cingindo apenas ao “mês dos namorados”. Frequentemente fazem visitas às escolas e promovem ações de sensibilização junto dos jovens para que estes “possam ter relações equilibradas ao longo da sua vida”. “Todos os cuidados são poucos”, acrescenta.

Após o dia 28 de fevereiro, a exposição “continuará em itinerância por vários pontos do concelho, num roteiro que vai incluir locais emblemáticos e também escolas”.

“Entendemos que os jovens devem ser os líderes e os principais protagonistas dos seus projetos. E acreditamos na lógica preventiva como pilar de coesão social e salvaguarda de constrangimentos futuros. É com particular orgulho que verifico que as diferentes juventudes de Gaia são sensíveis a todas as demais gerações. Em Gaia, a intergeracionalidade é uma efetiva realidade”, conclui o vereador.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz