PD - revista Sabe Bem

Fusão Porto-Gaia só “depois das próximas autárquicas”, disse Menezes

Fusão Porto-Gaia só “depois das próximas autárquicas”, disse Menezes

“Esta ideia [da fusão dos dois municípios], tem um pai e uma mãe, que sou eu, quando há 12 anos a defendi, num artigo no Jornal de Notícias. E, hoje, ainda sei mais as razões. Contudo, para um casamento ser bem sucedido, é preciso namorar”, afirmou, à margem da assinatura de um protocolo com os 24 presidentes das freguesias de Gaia.
O autarca considera que o “casamento” só poderia ser encarado depois de um namoro e talvez até depois de “viver junto durante uns tempos para ver se a coisa dá”. “É preciso um período de boa convivência e cooperação entre os dois municípios, no qual se façam projetos comuns: as pontes, travessias, projetos de animação cultural, promoção turística da região. É preciso que se faça um trabalho em conjunto durante algum tempo, alimentando-se a paixão e, lá para diante, poderá haver casamento”, admitiu.
O presidente da Câmara de Gaia afirmou, assim, que, só existem condições para uma fusão entre os dois municípios depois das próximas eleições autárquicas.
PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_campaign=encomendasta&utm_term=banner&utm_content=050121-encomendaschef2021

Viva! no Instagram. Siga-nos.